Guia de Las Vegas VIPGuia de Las Vegas VIP
You are here: Las Vegas > Tudo sobre Las Vegas > Fernanda Nardy Bellicieri - Virtual Vegas

♣ Fernanda Nardy Bellicieri - Virtual Vegas ♣

Fernanda Nardy Bellicieri - Virtual Vegas



Produção, Fotografia e Edição de imagem: Cris Faga- www.flickr.com/photos/crisfagafoto
Atriz / Texto: Fernanda Nardy Bellicieri
Ator: Caesar Risse

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas
Ensaio fotográfico abaixo do texto

Era pra ser um relato. Mas Vegas merecia mais que isso....
Quando decidi fazer a viagem, minha motivação era nada além de um show do Aerosmith, que claro, já é grande coisa, pelo menos para mim, uma fã de Rock, quase uma religião: cordas, acordes e atitudes.
Essa a motivação que me levaria a Las Vegas, um acaso. Talvez se Aerosmith tivesse datado outra cidade, eu jamais viria a conhecer o deserto de cassinos que me fascinou. Como sempre, tudo é de um motivo, e lá fui eu, com malas e notas musicais imaginárias em busca de Las Vegas.

Não sabia muito sobre a cidade, apenas o trivial que se fala a boca comum: o paraíso do jogo e do estereótipo da vida fútil. Sempre ouvi dizer disso, sobretudo daqueles que desistiram de apostar, não esse risco das roletas, mas desistiram do jogo da vida. Deve ser esse o discurso daqueles que nunca quiseram arriscar.
E desistir do jogo nem é tão vergonhoso assim, e mais comum do que se parece. Em Las Vegas descobri que eu também tinha desistido...

Não ia além disso meu conhecimento sobre Vegas. Tudo virtual. Também estava certa de que meu interesse beiraria aí, afinal, nem jogo, nem bebo. Enfim, seria um lugar que talvez se mostrasse até hostil aos meus hábitos saudáveis e altamente regras. Afinal todos, menos ou mais, somos seres de regra, infelizmente. Enfim, foi um show, um acaso, alguma coisa que me levou ao deserto de Las Vegas. Foi algo muito maior que não deixou que eu voltasse a mesma.
Assim que cheguei à cidade, descobri o que julgava nem existir: amor à primeira vista. Apaixonei-me pelas luzes alucinantes que cobriam a cidade feito manto, feito bênção. Os ruídos cruzados as pernas apressadas, plenas alturas de noite, os pulsos daquela gente toda, um combustível que só se podia sentir em Las Vegas.

A cidade era alegria, uma tradução do que eu esperava que existisse em algum lugar, mas julgava ser improvável, o entusiasmo das ruas e avenidas, entrecortadas de carros e transeuntes, de arquiteturas fantásticas e majestosas, eram convite a viver 24 horas por dia. Aquela noite que cheguei em Vegas não quis dormir... e nem podia...
Em Vegas descobri que eu também tinha desistido... Foram as luzes de um incandescente deslumbrado que me cobriram o corpo sem jeito, meio desengonçado, que tantas vezes não sabia expressar-se em desejos. Um corpo acostumado a ser em sombras. Lembrando uma música de Ronnie JAmes Dio, (que devia conhecer Las Vegas), “Like a rainbow in the dark....” O arco íris de Las Vegas era luz no escuro também...
Acendeu-me um algo de alma que não se via há tempos de meus olhos. Um algo de calma, que me trouxe um corpo que tinha esquecido de respirar, um corpo artista, tantas vezes escondido em entrelinhas de uma vida que se sufocava de comum. De letras previsíveis e entusiasmos amainados que eu tentava rimar, remar desesperadamente junto com a maré. Uma vida que eu tentava fazer média, medíocre, apostar igual às outras, desistentes de essência. Vidas e vidas que mastigavam os próprios sonhos.

Como assim, eu iria apenas ao show do Aerosmith??!!! Esse era um qualquer motivo?? Como assim??!! Eu estava indo até minha banda preferida, milhas milhas de minha realidade cotidiana.... Seria uma viagem fantástica!! Como assim, era um mero motivo?? Eu tinha esquecido das letras e melodias que haviam me encantado a vida, encantado-me o caminho? Estaria ao vivo, a garganta cheia dessas letras, como que dando voz ao sonhos, à essência que tantas vezes esquecia e calava... “It`s amazing,... with the blink of an eye you finally see the light...” Como eu podia ter esquecido??

E eu fazendo sentir a tantos tons a menos toda essa vida escondida em mim. Eu tinha esquecido o que era ser artista, o quão era saboroso viver papéis e inventar as próprias apostas. Aventurar-se inúmeros.
Mas as luzes de Vegas estavam lá para me lembrar... E foi quase como perder o ar, ou nascer... Respirei fundo tudo o que sempre quis e fingia deixar pra lá. Os luminosos, os sons- ruídos, as letras músicas do rock religião que eu tanto cantava na alma, mas usava sufocar na garganta. As letras que falam a liberdade de ser quem se é.

Las Vegas lançou-me a alma novamente no jogo. E como que uma entidade, de um sobrenatural, despertou-me do fogo gélido que me fazia em cinzas e cuspiu-me fora toda cor. Encontrei minhas cores nos luminosos de Vegas. E a cidade disse-me em sussurros gritantes, o que Nitzche soletraria em odes filosofais, mas tristes.... “Torna-te quem tu és”.
As luzes de Vegas riam letras, indicando a aposta certa, não uma dúvida ou um esperança pálida, de algo que não se cumpre enquanto promessa. Las Vegas foi a resposta a Hamlet e qualquer dúvida de ser e não ser. Foi a questão resoluta, a certeza do momento da aposta ganha.. O sopro que me trouxe asas e desprendeu-me do medo de perder.
Las Vegas ensinou-me a jogar e apreendeu-me toda a atenção, desvencilhou-me de toda tensão. Que as cartas, as tinha todas... as apostas, quaisquer ousasse.
Indelével Las Vegas... tornou-me alma... Jamais voltaria a ser cinza...
Era para ser só uma viagem... lançou-me dados a uma nova vida. Apostei comigo que em breve e sempre voltaria...

Fernanda Nardy Bellicieri

*segue um ensaio fotográfico de Cris Faga, em um trabalho autoral inspirado nos relatos de Las Vegas e no texto acima.

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual VegasFernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual VegasFernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual VegasFernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual VegasFernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual VegasFernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual VegasFernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual VegasFernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas

Fernanda Nardy Bellicieri em Las Vegas - Virtual Vegas


Mais sobre Las Vegas

  •   Ingressos para show de Britney Spears
  •   Las Vegas, destino ideal para os amantes de vinho  

  • Artigos sobre Las Vegas

    >   Justin Bieber comemora seus 21 anos em Las Vegas
    >   Loja da Sony em Las Vegas
    >   Caesars Palace Las Vegas lança casino online
    >   Kendra Wilkinson-Baskett aniversario em Las Vegas
    >   Banho de sol Europeu




    Nome: melissa;
    Comentário: Fantástica sua matéria...vc é mesmo muito especial.......sucesso.beijos.



    Nome: carina calandrelli;
    Comentário: Oi Fê!!!! Lembra de mim?! sua amiga de Solemar!!!! Adorei estas fotos ficaram demais!!Te encontrei por um acaso... Um beijo e se tiver um tempinho me escreva!!! Carina



    Nome: bugre;
    Comentário: sensacional !!! que belo corpo para pin-ups !!!



    Nome: Raoni;
    Comentário: Fer! Belo ensaio! Vegas deve ser tremenda... é bom descobrir que temos o que haviamos esquecido, e Vegas, para você, foi o gatilho para essa experiência de si mesmo. Matenha o transe! Beijos,



    Nome: Eliane;
    Comentário: Muito bom o ensaio. Criativo e bem inspirado, afinal Las Vegas é sedução, alegria, show de mais!! Quando fui a Las Vegas pela primeira vez, ainda no avião me perguntei...o que vim fazer aqui....na janela ...não encontrava nada..apenas deserto. Lá no fundo, aparecia uma luz....quanto mais perto chegavamos, mais forte esta luz ficava e eu meio sem saber o que iria encontrar...percebi a imensidão de Vegas. Parabéns pela matéria.







           


        English     Français     Español     Nederlands     Italiano     Norsk


    Sitemap         © 2018 CasinoBillionaire All Rights Reserved - Contact


    United Kingdom